Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Av. da Liberdade prepara-se para receber 300 árvores | Requalificação inclui o triplo dos elementos atuais

 mg 7329 1 1024 2500
2021/04/05

 

A empreitada de reformulação da mobilidade da Avenida da Liberdade, que já teve início, constitui uma ação no âmbito do Plano de Ação para a Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS), cofinanciada a 50% por fundos comunitários, estando focada na melhoria dos sistemas de mobilidade e acessibilidade no concelho do Barreiro.
A Responsabilidade Ambiental e a Mobilidade, que constituem dois eixos da estratégia municipal divulgada, são afirmados nesta obra de forma vincada na medida que, além das significativas melhorias na mobilidade, acessibilidades, segurança e espaço público, prevê a manutenção de vários elementos arbóreos e, ainda, o transplante de dezenas de arvores existentes no local.
Esta medida, prevista em fase de projeto, assegura o necessário equilíbrio entre a necessidade de qualificação da cidade com a manutenção de diversos exemplares adultos que foram avaliados em função do seu estado, localização e adequação ao espaço urbano projetado.
Segundo o Vereador Rui Braga, “a consciência da necessidade de criar espaços urbanos qualificados no Barreiro, com a presença de um enorme sentido de responsabilidade ambiental, fez com que as opções tomadas tivessem em consideração a plantação de mais de 300 árvores, triplicando, aproximadamente, a quantidade de elementos arbóreos que hoje existem no local, indo ao encontro da preocupação manifestada no que concerne a ecossistemas que acabam por ter acolhimento em áreas urbanas”.
Esta medida traduz, também, a preocupação com ondas de calor resultantes de alterações climáticas, contribuindo para o incremento do resgate de CO2 da atmosfera numa das artérias mais movimentadas do concelho, traduzindo um aspeto qualitativo da imagem urbana de uma das mais importantes entradas na cidade, por onde passam mais de 20 mil pessoas diariamente.
Além do exposto, a obra em curso prevê a implementação de conceitos atuais nos domínios do ciclo da água, aumentando as superfícies de infiltração natural e a redução dos caudais de água nos sistemas de drenagem no subsolo, constituindo outro aspeto da preocupação ambiental que subsistiu na elaboração do projeto agora em construção.
O Município, está, pois, convicto que esta intervenção é verdadeiramente positiva ao nível ambiental, da mobilidade, acessibilidades e qualidade de vida.

Município do Barreiro © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo de wc3amrs logotipologotipo Wiremaze