Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Sessão Comemorativa do Movimento Associativo do Barreiro | Seis coletividades distinguidas por bons serviços e dedicação

Presidente 1 1024 2500
2020/09/22

A Câmara Municipal do Barreiro, de acordo com o Regulamento Municipal de Atribuição de Condecorações, promoveu a Sessão Comemorativa do Movimento Associativo no passado sábado, 19 de setembro, na sede do Luso Futebol Clube, ano do seu centenário.

Na cerimónia foram homenageadas, com a Medalha de Bons Serviços e Dedicação, as seguintes coletividades: Sociedade Democrática União Barreirense "Os Franceses" (Data fundação: 04-08-1870), Sociedade de Instrução e Recreio Barreirense "Os Penicheiros" (Data fundação: 07-08-1870), Luso Futebol Clube (Data fundação: 11-04-1920), Clube Desportivo e Recreativo "Os Carliz" (Data fundação: 09-04-1970), Centro Cultural e Recreativo Juventude do Lavradio (Data fundação: 31-05-1970) e Grupo Desportivo e Recreativo da Verderena (Data fundação: 03-08-1995).

O Presidente do Município do Barreiro, Frederico Rosa, destacou o papel das coletividades na sociedade. “Todos partilhamos aquilo que é mais importante: um papel justo na sociedade, mas acima de tudo ter as coletividades, como ponto de encontro para as diferentes gerações”.

Na opinião do Presidente, a pandemia “veio trazer novas realidades e novos desafios” ao associativismo. “Estamos todos de olhos postos no futuro, mas é no presente que temos de resolver os problemas, e temos de fazer tudo para continuarmos sempre a nossa atividade, seja em que moldes for, com uma porta aberta, porque cada porta aberta representa uma porta de esperança para o que aí vem”.

Investir nas coletividades
Destacou, para os próximos tempos, a recuperação de um ciclo virtuoso já iniciado. “Investimento público, com investimento privado, mais receitas, mais dinheiro para todos. Graças a isso, tivemos, no último ano, um programa ímpar para poder resolver problemas estruturais de diversas coletividades, não chega! É preciso mais. Sabemos que muitas coletividades tiveram, graças a este apoio, o mecanismo que esperavam para resolver problemas do seu património, mas muitas mais há por ajudar. É preciso mais equipamentos desportivos, mais investimento para olhar o futuro com ferramentas, para resolver os problemas do passado”.

Frederico Rosa está confiante no futuro. “Vamos conseguir o desígnio que todos aspiramos: ter mais gente nova a frequentar os nossos espaços, ter mais gente nova não apenas em idade, mas também na fruição dos espaços, gente que, com espaços renovados, sentem o apelo para dar algo à sociedade, através do movimento associativo”.

A resiliência das pessoas ligadas ao associativismo será para o Presidente a caraterística que as fará avançar. “Há quem diga que nada vai ser como dantes, mas eu recuso-me a acreditar nisso, porque a força de vontade das pessoas que ergueram sedes como esta, que retiraram tempo às famílias, essa força de vontade vai ser, no futuro, a mesma que foi no passado. Este é o exemplo. Independentemente das pessoas, nada é maior que as instituições e estas representam o Barreiro no passado, no presente e com toda a certeza vão ser a bandeira do Barreiro de futuro”.

Refira-se, ainda, que Frederico Rosa, na sua intervenção, proferiu palavras de agradecimento aos representantes das coletividades e associações, ao sr. Álvaro Marques, justamente reconhecido pelo Barreiro, em 2018, como uma figura ímpar do movimento associativo, ao Luso FC (por ter acolhido a iniciativa na sua sede) e às restantes coletividades homenageadas.
Neste contexto de pandemia, a Vereadora Sara Ferreira, responsável pelo associativismo do concelho, justificou a realização do evento. “Achámos que era importante atribuir as medalhas e assinalar este momento, não com tanto público, mas com a mesma dignidade e com a mesma vontade e empenho”.

Para a autarca o Barreiro “define-se, em grande parte, pelo seu rico movimento Associativo, nas vertentes cultural, desportiva, social”.

Sara Ferreira explica que neste ano “difícil” a autarquia deu apoio ao nível da tesouraria “porque percebemos as grandes dificuldades que todos estavam a passar, com perda de receita e aumento de despesa”.

Por outro lado, o Município fez questão de “continuar a apoiar através de um programa extraordinário de implementação de medidas de autoproteção, porque achamos que é um fator importante para a continuação de prestação de bons serviços e continuámos a fazer as nossas sessões de formação online, pois achámos que este trabalho não se pode perder, apesar do contexto epidemiológico que que vivemos”.

Agradeceu, por fim, a todos a presença e o trabalho realizado em prol do concelho. “Muito obrigada pela vossa dedicação e empenho e por tudo aquilo que o Barreiro pode esperar de vós”.
Na sessão estiveram presentes os presidentes da União das Freguesias de Barreiro e Lavradio, Gabriela Soares, da União das Freguesias do Alto do Seixalinho, Verderena e Santo André, Carlos Raposinho, e dirigentes e representantes das coletividades homenageadas.

De referir que a sessão contou apenas com transmissão online no Canal do Município no Youtube. Reveja-a através deste link https://www.youtube.com/c/municipiodobarreiro 

vereadora
gdrverderena
ccrjlavradio
luso_fc
sirb_penicheiros
sdub_franceses
luso

Município do Barreiro © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo de wc3amrs logotipologotipo Wiremaze