Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Conselhos CIAC | Dia Mundial da Poupança

Ciac logo 1 750 2500 1 1024 2500
2019/10/23

31 DE OUTUBRO – DIA MUNDIAL DA POUPANÇA
III PARTE – O KAKEBO

No dia 31 de outubro assinala-se o Dia Mundial da Poupança e, como poderemos analisar existem muitos métodos que nos podem levar a poupar. Mas para poupar implica uma apurada análise aos nossos gastos o que também implica uma mudança de atitude nos nossos comportamentos consumistas.
O CIAC – Centro de Informação Autárquico ao Consumidor, tem vindo a apresentar métodos para uma gestão financeira que pode gerar poupança.
Vamos por em pratica o Kakebo, que apesar de ter muitos anos, está a correr o mundo com um grande sucesso. O Kakebo é uma técnica de poupança tradicional japonesa. Os três carateres que formam a palavra “Kakebo” (家計簿) significam livro de contas para a economia doméstica.
Existe à venda nos mais variados modelos e feitios, com um formato de agenda, que permite o registo diário de despesas e receitas e muito mais. Este sistema permite seguir a evolução de um orçamento mensal e gerir o dinheiro de forma a poder cumprir as obrigações, como ainda chegar ao final do mês com dinheiro.
A responsável por este método de poupança foi Motoko Hani (Japão, 1873 – 1957). Fez parte da primeira geração de mulheres do Instituto Feminino de Ensino Superior de Tóquio, tornando-se a primeira jornalista do Japão. Fundou a Jiyu Gakuen uma escola feminina de ensino livre que advogava a liberdade e independência da mulher. Em 1904, numa época em que poucas mulheres trabalhavam fora e eram responsáveis unicamente e exclusivamente na criação dos filhos e na gestão do dinheiro de suas famílias, foi criado o primeiro Kakebo.
Este sistema de poupança, assenta em três princípios:

1 – Controlar todas as despesas, semana a semana, reorganizando o consumo diário e analisando os resultados no fim de cada mês.
2 – Priorizar e categorizar os gastos, de acordo com as necessidades diárias, apelando assim para um consumo mais consciente e mais responsável.
3 – Permitir uma análise profunda ao consumo diário, para poder encontrar formas de substituir hábitos financeiros ineficazes por aqueles que se adequam à sua vida e realidade financeira, como ajudam efetivamente a poupar dinheiro.

O Kakebo está dividido em doze meses, com folhas especificas para receitas e as despesas fixas nas mais variadas áreas dos nossos gastos quotidianos, não ignorando as despesas de sobrevivência e extras e os gastos com cultura e lazer. É importante registar cada cêntimo, todos os dias. Existe ainda espaço para delinear os objetivos financeiros para os próximos 30 dias. No final do mês, analisam-se os gastos e a poupança semana a semana. Verifica-se se sobrou algum dinheiro. Reflete-se sobre o que correu bem e o que pode ser melhorado do próximo mês. E assim sucessivamente. Este arquivo é ainda uma boa motivação para poupar dinheiro, uma vez que a qualquer momento, podemos rever meses anteriores e verificar o quanto evoluímos no controle das despesas e receitas e quanto dinheiro estamos a conseguir poupar. Quando chegamos ao final do livro, o sistema Kakebo propõe ainda um balanço anual onde é possível analisar as despesas dos últimos 12 meses por categorias, verificarmos os melhores truques os maiores entraves, entre outros.

O Kakebo é um documento bem organizado, visualmente apelativo e pleno de informações uteis, que nos permitem controlar o nosso orçamento mensal, dando-nos possibilidades de verificar onde desperdiçamos dinheiro e onde estamos a ser financeiramente inteligente.
Boas poupanças

Quer saber mais sobre este método de poupança? O CIAC recomenda os seguintes sites:

https://www.doutorfinancas.pt/financas-pessoais/o-metodo-kakebo-uma-ajuda-na-gestao-do-orcamento-familiar/

https://asminanahistoriaworpress.com/2017/11/14/motokoham-inventora-do-kakebo

https://www.dinheirovivo.pt>agora-ja-pode-poupar-como-um-japones-2/

Município do Barreiro © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo de wc3amrs logotipologotipo Wiremaze