Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

AVISO À POPULAÇÃO | ATUALIZAÇÃO | PERIGO DE INCÊNDIO RURAL | Prolongamento do alerta até 10 de setembro

Aviso a populacao perigo de incendio rural 03 de setembro de 2019 net5 1 1024 2500
2019/09/08

De acordo com o despacho da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, o Serviço Municipal de Proteção Civil do Barreiro informa que, considerando as informações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera sobre o agravamento das condições meteorológicas para a globalidade do território do Continente;

‐ Considerando que, em virtude dessas condições meteorológicas, o índice meteorológico de risco de incêndio florestal –FWI, calculado e disponibilizado pelo IPMA, é elevado, muito elevado ou máximo para os próximos cinco dias;

‐ Considerando a necessidade de adotar medidas preventivas e especiais de reação face ao risco
de incêndio;
‐ Considerando o n.º 6 do artigo 8.º e o n.º 1 do artigo 9.º da Lei de Bases de Proteção Civil:

1 – Prolonga‐se a Situação de Alerta até às 23h59 do dia 10 de setembro de 2019, prorrogando-se os efeitos e as medidas de carácter excecional previstas no despacho de declaração da situação de alerta de 3 de setembro e no despacho de aditamento de 4 de setembro.

2 ‐ A Declaração da Situação de Alerta determina o imediato acionamento das estruturas de coordenação institucional territorialmente competentes (Centro de Coordenação Operacional Nacional e Centros de Coordenação Operacionais Distritais).

3 ‐ A presente prorrogação será redefinida no seu âmbito territorial, em função da avaliação da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Despacho 06_09_2019

 

****

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil emitiu, às 19h40 de terça-feira, 3 de setembro, o seguinte AVISO À POPULAÇÃO de PERIGO INCÊNDIO RURAL.

«1. SITUAÇÃO

De acordo com a informação disponibilizada pelo Instituo Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para os próximos dias, salienta-se:

Quarta-feira a Sexta-feira:

-- Vento moderado (até 30 km/h) do quadrante Leste, temporariamente de noroeste forte (até 40 km/h) na faixa costeira ocidental durante a tarde. Nas terras altas, em especial do Norte e Centro, vento forte (até 45 km/h) de Norte/Nordeste a partir do meio da tarde. Na noite de 5 para 6SET, nas terras altas, em especial do Norte e Centro, vento forte (até 40 km/h) do quadrante Leste até meio da manhã de sexta-feira.

-- Condições de instabilidade atmosférica que dificultam o controlo dos incêndios rurais em especial nas regiões do centro, Estremadura e do interior Norte e Centro.

-- Humidade relativa do ar baixa em todo o território, entre 20 e 30% exceto a faixa litoral, entre 10 e 20% no interior, com fraca recuperação noturna no interior e litoral Centro, e sotavento algarvio.

-- Temperatura máxima acima de 30ºC na generalidade do território, incluindo a faixa costeira, e entre 35 e 39ºC na bacia do rio Tejo, Estremadura, no Alentejo e nas regiões do centro e no interior algarvio.

 

Sábado e domingo:

Continuação de tempo quente e seco, com fraca ou má recuperação noturna da humidade relativa do ar em todo o território, vento do quadrante Leste até sábado, forte nas terras altas durante a noite e possibilidade de condições atmosféricas propícias a comportamentos erráticos dos incêndios, dificultando o seu controlo, nas regiões do interior.

 

2. EFEITOS EXPECTÁVEIS

Prevê-se um aumento das ignições face ao incremento da atividade humana junto dos espaços rurais. É expetável o aumento da dificuldade nas operações de supressão.

 

3. MEDIDAS PREVENTIVAS

A Autoridade Nacional de Emergência de Proteção Civil recorda que durante o PERÍODO CRÍTICO (01 de julho a 30 setembro) é:

-- PROIBIDO fazer Queimadas Extensivas sem AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua câmara municipal ou pelo 808 200 520.

-- PROIBIDO fazer Queima de Amontoados sem AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua câmara municipal ou pelo 808 200 520.

-- PROIBIDO utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural salvo se, usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados, para o efeito.

-- PROIBIDO fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais.

-- PROIBIDO lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da câmara municipal.

-- PROIBIDO fumigar ou desinfestar apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas.

-- PROIBIDO usar motorroçadoras (exceto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadores nos dias de Risco Máximo. Evite o uso de grades de discos.

-- OBRIGATÓRIO usar dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa nos veículos de transporte pesados e 1 ou 2 extintores de 6 Kg, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil recomenda ainda a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente através da adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, observando a legislação em vigor, e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível nos sítios da internet da ANEPC, do IPMA e do ICNF, ou junto dos Gabinetes Técnicos Florestais das Câmaras Municipais e dos Corpos de Bombeiros.

ANEPC/Divisão de Comunicação e Sensibilização»

Veja/descarregue AQUI o Comunicado

Município do Barreiro © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo de wc3amrs logotipologotipo Wiremaze