Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

CONSUMO SUSTENTÁVEL – Parte III | CONSUMOS ENERGÉTICOS ASSOCIADOS AO FORNO ELÉTRICO

Ciac logo 1 750 2500 1 1024 2500
2018/10/25

 

O CIAC - Centro de Informação Autárquica ao Consumidor do Barreiro informa que os consumos de energéticos associados a este eletrodoméstico são apenas 1% do total de uma habitação. No entanto, apresentam normalmente potências elevadas, acarretando consumos energéticos elevados quando utilizados.
1 – Se a cozedura do seu alimento tiver uma duração superior a uma hora, não é necessário fazer o pré-aquecimento do forno, caso não possa evitar temporize-o com cuidado, sendo 5 a 8 minutos o tempo necessário.
2 – Sempre que possível utilize o micro-ondas para quantidades menores de comida, pois este eletrodoméstico é mais eficiente que o forno elétrico.
3 – Abra o forno o menos possível, porque cada vez que o abrir estará a perder energia acumulada no interior. Utilize a iluminação do forno para vigiar o seu cozinhado, evitando a abertura da porta. Caso tenha de abrir a porta faça-o o menor tempo possível. Para uma temperatura de 250ºC, a abertura da porta durante 10 segundos resulta num aumento de cerca de 8% do consumo de energia para um cozinhado de 20 minutos.
4 – Os recipientes de cerâmica ou vidro retêm melhor o calor, permitindo reduzir a temperatura do forno, diminuindo o consumo de energia.
5 – Aproveite ao máximo a capacidade do forno, cozinhando sempre que possível vários alimentos ao mesmo tempo.
6 – Para aproveitar o calor e poupar energia, desligue o forno 5 a 10 minutos antes do cozinhado estar pronto. O calor remanescente será o suficiente para acabar a cozedura dos alimentos, poupando 5% a 10% da energia necessária à confeção do cozinhado.
7 – Evite o uso da função de autolimpeza. Esta função acarreta consumos energéticos elevados. Reserve-a apenas para quando necessitar de fazer limpezas mais a fundo. Caso necessite de usar esta função, faça-o imediatamente após a utilização do forno, enquanto este ainda está quente, ou caso tenha tarifa bi-horária, nas horas de vazio.
8 – Verifique regularmente as juntas e as borrachas de vedação, substituindo as que estejam gastas ou com fissuras, de modo a evitar perdas de calor.
9 – Um cozinhado no forno a 200ºC durante 50 minutos consome a energia equivalente a dia e meio de funcionamento de um frigorifico combinado ou a dois ciclos completos de lavagem de roupa a 40ºC!
10 – Regule adequadamente a temperatura do seu forno. Por cada grau a mais aumento o consumo de energia entre 0,7 a 1%. A titulo de exemplo, para um cozinhado de 50 minutos, se regular a temperatura para 250ºc em vez de 200ºc, consumirá mais 37% de energia!

Podemos concluir que poupamos energia se:
• Utilizarmos a iluminação para vigiar os cozinhados, evitando a abertura da porta.
• Utilizarmos recipientes de cerâmica ou vidro.
• Desligarmos o forno 5 a 10 minutos antes do cozinhado estar pronto.
• Regularmos adequadamente a temperatura.
A implementação das medidas propostas permite reduzir em mais de 30% o consumo de energia do seu forno elétrico.
Consuma de forma sustentável.
Aprenda a poupar energia.
O ambiente agradece e o seu dinheiro também.

Mais informação em www.ecosave.org.pt

Barreiro, 2018/10/24
CIAC – Centro de Informação Autárquico ao Consumidor
Câmara Municipal do Barreiro / Rua Miguel Bombarda, Paços do Concelho,
2834-005 BARREIRO
Telefone: 212068052
E-mail: ciac@cm-barreiro.pt

Município do Barreiro © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo de wc3amrs logotipologotipo Wiremaze