Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Moinhos de maré

A orla ribeirinha do Concelho do Barreiro foi desde a Idade Média privilegiada, pela edificação de engenhos moageiros, numa primeira fase hidráulicos – o moinho de maré mais antigo data do séc. XV, e posteriormente eólicos, desde o séc. XIX.

Desde finais do século XV que a presença de moinhos de maré está assinalada ao longo de todo o Concelho. Há conhecimento de terem existido 12 moinhos desde o Lavradio a Coina. Os moinhos de vento são mais tardios – séculos XVIII e XIX e são considerados um ex-líbris do Barreiro.

Moinho de Maré Pequeno

A CMB está a proceder a trabalhos de requalificação do Moinho de Maré Pequeno, na freguesia do Barreiro.

Ali vai nascer um Centro Interpretativo do Barreiro e serão efetuados melhoramentos na zona envolvente.

Construído no século XVII, possuía três casais de mós.Localização: Largo do Moinho Pequeno – Barreiro

Moinho Pequno de Mare-11 Moinho Pequno de Mare-22
Moinho Pequno de Mare-33 Moinho Pequno de Mare-44
Moinho Pequno de Mare-1 Moinho Pequno de Mare-2
Moinho Pequno de Mare-3

Moinho de Maré do Braamcamp

Edificado no século XVIII nos terrenos da Quinta do Braamcamp, possuía dez pares de mós.
Localização: Bico do Mexilhoeiro, Barreiro


Moinho de Maré de Coina

Edificado nos séculos XV / XVI, possui cinco engenhos de moagem.
Localização: Coina


Moinho de Maré do Duque

Construído provavelmente no século XVII, tinha seis casas de mós, casa de moleiro e barco para o transporte das farinhas e cereais.
Pertence atualmente à Bensaúde SA.
Localização: Azinheira Velha – Santo André


Moinho de Maré Grande

Edificado no século XVII, possuía sete casais de mós.
Localização: Alburrica – Barreiro


Moinho de Maré de Palhais

Edificado no século XV, possuía seis casais de mós e casa para o moleiro.
Localização: Santo André

Município do Barreiro © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo de wc3amrs logotipologotipo Wiremaze