Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Qualidade do Ar no Barreiro

Compete às Comissões de Coordenação Regional a avaliação e gestão da qualidade do ar ambiente nas suas áreas de jurisdição, de acordo com o Decreto-Lei n.º 102/2010, de 23 de setembro. Neste âmbito cabe às CCDR, na sua área de competência territorial, a manutenção e gestão das redes de monitorização.

Para efeitos de avaliação da qualidade do ar na sua área de jurisdição, a CCDR LVT dispõe de um conjunto de estações fixas de monitorização, recorrendo pontualmente a campanhas de medição periódicas e a modelos estatísticos e determinísticos, para avaliação das concentrações de determinados poluentes em zonas onde não são efetuadas medições e para uma avaliação mais exaustiva da distribuição espacial das concentrações.

A CCDR de Lisboa e Vale do Tejo possui presentemente três estações fixas de monitorização no concelho do Barreiro: Escavadeira, Fidalguinhos e Lavradio, cuja localização, características e valores medidos são disponibilizados diariamente na base de dados on-line da qualidade do ar - QualAr.

A previsão da qualidade do ar para a região de Lisboa e Vale do Tejo, está disponível diariamente na plataforma PrevQualar consultável no link: http://www.prevqualar.org/forecast.action?day=today

Às CCDR cabe ainda tomar as medidas necessárias para garantir a observância dos valores limite de qualidade do ar em todo o território nacional. De acordo com o disposto no Decreto-Lei n.º 102/2010, nas zonas e aglomerações onde os valores limite, acrescidos da respetiva margem de tolerância (se aplicável), sejam ultrapassados, as CCDR devem elaborar, promover a aplicação e acompanhar a execução dos planos de qualidade do ar, os quais estabelecem medidas destinadas a atingir os valores limite (ou valores alvo), e dos respetivos programas de execução.

Os índices anuais, calculados com base nas estatísticas anuais da rede de monitorização da qualidade do ar da CCDR LVT e a análise com maior detalhe através de relatórios anuais, podem se r consultados na página desta CCDR em http://www.ccdr-lvt.pt/pt/resultados-na-regiao-de-lisboa-e-vale-do-tejo---2015/9232.htm

O que fazer em caso de episodio de poluição do ar:

1.2.1 Identificar o local, dia e hora da ocorrência;
1.2.2 Se possível, tirar fotos;
1.2.3 Fora do horário normal de trabalho dos serviços públicos, fins de semana ou feriados contactar:
SEPNA (GNR)- Montijo – Tlf: 925486813/Email: ct.stb.dmtj.npa@gnr.pt;
Linha SOS Ambiente: 217 503 080;
BRIPA (PSP) – Brigada de Proteção Ambiental (PSP): 217654242;
Policia Marítima (área de jurisdição/atividade náutica ou portuária - Capitania de Lisboa)- Tlf: 210 911 100 / Fax: 210 911 195;
Email capitania.lisboa@amn.pt ;
CMB (dias úteis das 9.00h ás 17.30h)- Tlf: 212 068 000/Email geral@cm-barreiro.pt.

Proteção da qualidade do ar

Atuando na mobilidade e transportes reduz-se a emissão de gases poluentes associados ao transporte motorizado em veículos particulares. Arborizando a cidade criam-se condições para a remoção de poluentes atmosféricos (utilizados pelas plantas na fotossíntese ou filtrados pelas copas), redução do ruído viário e regulação da temperatura ambiente. Por isso o Barreiro está a trabalhar para:
1.3.1. Implementar modos de circulação suaves;
1.3.2. Transportes públicos mais atrativos utilizando combustiveis alternativos;
1.3.3. Implementar rede de ciclovias ou vias ciclovias no território do concelho;
1.3.4. Vegetalizar a cidade, apoiando iniciativas de criação de pomares e hortas urbanas e arborizar, sempre
que possível, criando ruas verdes e corredores ecológicos.

 

 

imagem_3

Uma árvore absorve diariamente a poluição gerada por cerca de 100 automóveis

Município do Barreiro © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo de wc3amrs logotipologotipo Wiremaze