Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Política Cultural

No sentido de atingir os patamares de desenvolvimento cultural que aspiramos para as populações do concelho do Barreiro, a Câmara Municipal tem vindo a desenvolver esforços de criação de uma estratégia de produção, promoção e divulgação cultural que simultaneamente vá ao encontro das expectativas da comunidade em relação ao que conhece e aprecia mas que sirva também como um factor de introdução e formação de novos públicos e do despertar interesse para produções culturais inovadoras e contemporâneas.

O nosso esforço vai ao encontro da construção daquilo que acreditamos ser democratização cultural. Na Câmara Municipal do Barreiro procuramos desenvolver uma gestão cultural participada pelos cidadãos e pelos agentes culturais do concelho, fomentando também a diversidade. Diversidade de conteúdos quer ao nível formal quer ao nível estético, apoiando o nosso trabalho nos agentes culturais locais mas procurando também trazer ao território aquilo que se vai fazendo de melhor a nível nacional e, também a nível internacional.
No campo formal, e reafirmando o nosso interesse na diversidade, temos procurado trazer ao Barreiro conteúdos com linguagens clássicas paralelamente à introdução de abordagens mais experimentais. O objetivo da Câmara Municipal do Barreiro é o de promover o enriquecimento pessoal dos munícipes através da instrução não formal que proporciona o acesso à cultura. Mais do nunca as Câmaras Municipais dão um significativo contributo na formação de públicos pois está nas suas mãos grande parte da programação cultural que se faz no país.
Tendo em conta esta conjuntura, a Câmara Municipal do Barreiro tem actuado muito particularmente junto do público infanto-juvenil. Esta atenção especial junto dos públicos mais jovens tem como objetivo formar públicos o mais cedo possível despertando vocações, construindo os públicos e os críticos de amanhã.
Acreditamos que a estratégia das políticas culturais da Câmara Municipal do Barreiro é visível num espaço estruturante como o Auditório Municipal Augusto Cabrita. Mas, também noutras áreas de domínio público, temos vindo a intervir. É exemplo deste nosso trabalho, a dinamização em espaços do Movimento Associativo do concelho, assim como em atividades em espaços públicos. No Verão, e prosseguindo com o nosso objetivo de aproximar a cultura das populações, entendemos que toda a cidade deve ser “o palco”. Exemplo disso, temos a iniciativa Espaços Vivos.
Prosseguindo no nosso objetivo de criar novos públicos e despertar vocações, temos vindo a dar também uma grande importância ao ensino artístico, é por isso que acompanhamos e apoiamos a Escola de Jazz do Barreiro, o CFI (Centro de Formação de Instrumentistas), a Banda Municipal do Barreiro e respetiva Escola de Música, o Coral TAB, a Banda da URCD de Coina, a Artesfera e a Escola de Teatro do Arteviva. A pensar no público mais jovem organizamos o AMAC Júnior e programamos também ateliers e workshops para este público alguns inseridos nas Exposições.

Artes do Espetáculo
Teatro
Na área do teatro o nosso objetivo é por um lado dinamizar a produção dos agentes locais e por outro trazer à cidade, produtos de qualidade reconhecida quer a nível nacional quer internacional. É nesse sentido que apoiamos a atividade de companhias como o Arteviva – Companhia de Teatro do Barreiro, Teatro de Ensaio do Barreiro, Tesfal e Projéctor – Companhia de Teatro do Barreiro através de protocolos de cooperação que incluem importante apoio financeiro, logístico e de divulgação. E acompanhamos também de perto os percursos de companhias como Vigilâmbulo Caolho. Em Março, a Câmara Municipal do Barreiro organiza o Mês do Teatro dado que a 27 se assinala o Dia Mundial do Teatro, o que representa uma oportunidade única para assistir a alguns dos melhores espetáculos que estrearam nos palcos nacionais. É também no Mês do Teatro que convidamos as companhias locais a participar na Maratona onde todas apresentam os seus novos projetos. O nosso esforço tem também como objetivo que o teatro vá ao encontro da comunidade, em particular, ao encontro das populações que habitualmente não consomem este tipo de produtos culturais. É por isso que temos vindo a promover a apresentação de espetáculos pelas freguesias do concelho, num esforço de dinamização dos numerosos espaços recreativos existentes ligados ao Movimento Associativo.
No Verão, e prosseguindo com o nosso objetivo de aproximar a cultura das populações, entendemos que toda a cidade deve ser “o palco”. É por isso que focamos a nossa programação nos parques e jardins da cidade onde os munícipes podem assistir a momentos de teatro entre outros produtos culturais no âmbito dos Espaços Vivos.

Música
A Cidade e a Música. Este é o nome de um dos projetos mais acarinhados por nós porque acreditamos na sua pertinência. A Cidade e a Música tem já um longo caminho percorrido sempre traçado pela qualidade e critério da sua programação. É assim que em Outubro, Mês em que se assinala o Dia Mundial da Música, o Barreiro ouve música um pouco por todo o lado em espaços tão díspares como no Auditório Municipal Augusto Cabrita, numa igreja, na biblioteca, no convento ou em coletividades. A Cidade e a Musica é um espaço aberto à música chamada habitualmente erudita que reflete um dos nossos objetivos de aproximação da cultura clássica ao grande público. Achamos que os munícipes do concelho do Barreiro, merecem uma oportunidade para conhecer e desfrutar do que de melhor se fez nos últimos dez séculos de produção musical.
Ainda na área da música, em termos de apoios financeiros a Câmara Municipal do Barreiro apoia as seguintes entidades: Banda Municipal do Barreiro, Escola de Jazz do Barreiro, Coral TAB - Trabalhadores das Autarquias do Barreiro, Banda Filarmónica da URCD de Coina e Camerata Musical do Barreiro.
Em termos de grande público existem três momentos ao longo do ano de carácter festivo para os barreirenses em que a Câmara Municipal do Barreiro oferece à população da cidade espetáculos musicais de grande qualidade. Referimo-nos ao 25 de Abril, ao Dia da Cidade e às Festas do Barreiro. É inegável o esforço para trazer aqui todos os nomes que deixaram marca na história da música nacional.

Dança
A Divisão de Promoção Cultural promove eventos de dança na sua vertente erudita ou de cariz popular, numa política de compromisso com os agentes culturais do concelho, descentralizando apresentações em espaços públicos e do movimento associativo.
Pelas suas características técnicas, o Auditório Municipal Augusto Cabrita, acolhe programação regular, de cariz profissional, projetos arrojados de jovens criadores e coproduções.
A dança é uma das áreas que pretendemos apostar envolvendo cada vez mais o Serviço Educativo Municipal, como estratégia para a criação e fidelização de públicos, pela sua ligação estreita com as escolas e as famílias.

Artes Visuais
Cinema
A Câmara Municipal do Barreiro assume a sua convicção na importância do Cinema, particularmente de um cinema de qualidade, na formação de públicos críticos e conscientes. Procurarmos garantir a exibição com alguma regularidade no sentido apresentar cinema de qualidade no concelho através da nossa sala no Auditório Municipal Augusto Cabrita. Estamos a trabalhar para diversificar quer para público escolar, quer para público familiar. Temos também um protocolo de colaboração com o Cine Clube do Barreiro.

Ilustração/Pintura/ Escultura/ Fotografia
Em termos de equipamentos culturais municipais, o Auditório Municipal Augusto Cabrita e a Sala de Exposições Temporárias do Espaço Memória são os espaços privilegiados para a apresentação de obras de ilustração, pintura, escultura e fotografia. A acrescentar a estes equipamentos, acreditamos ser possível promover mais noutros espaços como a sala Multiusos da Biblioteca Municipal e o Espaço Jota, também eles espaços municipais. Mas, também procuramos dinamizar outros espaços existentes na cidade num trabalho que se quer e deseja em rede no sentido de colocar em contacto a comunidade artística barreirense.
Estas são áreas em que pretendemos investir no futuro em termos logísticos e de programação. Queremos trazer ao Barreiro mais e melhores artistas. Queremos além de divulgar as obras e os artistas do Barreiro fomentar na medida das nossas possibilidades o aparecimento de novos valores. A aposta não poderia deixar de ser com maior relevo na área da Fotografia homenageando assim um dos mais ilustres barreirenses, o fotógrafo Augusto Cabrita. Sinal disso, em 2014 lançámos a primeira edição do Mês da Fotografia com um grande sucesso.

Município do Barreiro © 2015 | Todos os direitos reservados

logotipo de wc3amrs logotipologotipo Wiremaze